sexta-feira, 31 de julho de 2009

USANDO O POVO PARA CONFUNDIR SUAS CABEÇAS

O interessante nesta estória é que usam o nosso povo que já esta sem entender nada e passando quase fome que vão sofrer com isso, será que o povo esta maravilhosamente bem? Realmente, não é assim que esta o quadro em nossa cidade, sabemos que muitas das vezes é preciso que isso aconteça para realmente os que estão dentro do poder possam sentir como o povo vive lá fora, as decisões sábias dos desembargadores nesses últimos dias em por um fim nessas situações que estavam assolando Coari mude um pouco a cara de nossa estória e nossa realidade.
Estamos a quase algumas horas para receber um novo prefeito em Coari, espero que ele tome realmente as decisões cabíveis no que diz respeito ao nosso rico dinheirinho que circulou de janeiro a julho de 2009 em nossa cidade, esperamos que após esse período logo venha as novas eleições e assim decidirá em definitivo quem realmente deve controlar nossa riqueza imensurável que tem o município chamado de eldorado amazônico Coari.

IRAN ASSUME HOJE Á TARDE A PREFEITURA DE COARI

COARI EM TRANSE - O desembargador Aristóteles Thury anulou a eleição para a 1ª vice-presidência da Câmara Municipal de Coari, vaga com a cassação do vereador Adão Martins. Escolhido como 1ª vice, numa manobra para assumir a prefeitura no caso de confirmado o afastamento do prefeito cassado, Rodrigo Alves, o que ocorreu na quarta-feira, o vereador Emídio Rodrigues Neto chegou a tomar posse, mas foi afastado depois de o juiz Matheus Guedes ser informado da decisão do desembargador.Nesta sexta-feira toma posse como prefeito de Coari o segundo vice-presidente, vereador Iranilson Medeiros, o Iran. Isso ocorrerá porque o presidente da Câmara, José Henrique de Oliveira, e o primeiro vice-presidente, Adão Martins, foram cassados. Na quarta-feira, a desembargadora Maria da Graça Figueiredo, presidente em exercício do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, cassou três liminares que mantinham o prefeito de Coari, Rodrigo Alves, e o vice-prefeito Leondino Menezes à frente da prefeitura. A medida atingiu os vereadores Adão Martins e José Henrique de Oliveira, também cassados pelo TRE.

Fonte Blog do Holanda

quinta-feira, 30 de julho de 2009

TUDO PRONTO PARA CHEGADA DE IRAN AMANHA


Depois que cair o último obstáculo que existia para sua posse como presidente da Câmara dos Vereadores de Coari e por tabelinha como prefeito interino até a posse do prefeito- tampão (que poderá ser ele mesmo, se eleito), Iran Medeiros fechou sua programação agora há pouco. Viaja amanhã às 13h com destino a Coari para assumir oficialmente os dois postos mais importantes de seu município. Segundo assessores,.Iran Medeiros escolheu viajar à tarde porque de manhã ainda precisa comparecer ao Tribunal de Justiça do Amazonas e acertar detalhes no comando da Polícia Militar informou.


Fonte Blog da Floresta

DESEMBARGADOR CASSA A ULTIMA TÁBUA DE "SALVAÇÃO" DE ADAIL

O desembargador Aristóteles Thury detonou, com uma liminar, a manobra empreendida pelo grupo do ex-prefeito Adail Pinheiro para se perpetuar no poder em Coari: desfez a eleição realizada às pressas por seu grupo na Câmara Municipal de Coari para tentar garantir a presidência e controle na prefeitura durante o processo que levará a novas eleições. Na manobra, renunciou o vice-presidente da Câmara, um dos cassados pelo TRE, sendo eleito para o cargo Emídio Rodrigues. Ocorre a pressa é mesma a inimiga da perfeição. E o grupo de Adail não observou preceitos constitucionais como publicação de Edital e um prazo de três dias antes do novo pleito para substituir quem renunciou. Foi com base na existência de tais legalidades, que o desembargador Aristóteles Thury desfez a eleição, mantendo a mesma Mesa Diretora de antes da manobra. Assim, o novo presidente que assumirá amanhã e portanto, também prefeito interino, é o vereador Iranilson Medeiros. Foi-se a última tábua de salvação do grupo do ex-prefeito Adail Pinheiro.

Fonte Blog da Floresta

quarta-feira, 29 de julho de 2009

O FUTURO DE UM POVO

Depois da decisão da desembargadora Maria das Graças Figueiredo que cassou as três liminares que mantinha o prefeito Rodrigo Alves no comando da prefeitura, os populares de Coari parecem estarem vivendo um sonho, na realidade, parecia que a justiça de nosso Estado já estava sem uma solução para tantos os problemas que o povo aqui vem enfrentando, se olharmos nos olhos do povo de Coari veremos a tamanha tristeza que assola nossa cidade, queira Deus que dessa vez possa realmente ser levado á serio o julgamento da magistrada e logo haverá nova eleição em Coari e mais uma vez o povo vai ter a oportunidade de decidir sobre o futuro de nossa terra tão rica e milionária.

IRAM PODE ASSUMIR AMANHÃ O CARGO DE PREFEITO TAMPÃO

UM MARCO NA HISTÓRIA DE COARI


Estive conversando por telefone com a assessoria do vereador Iranilson Medeiros que está manaus e me informaram sobre a chegada do vereador à Coari provávelmente apartir das 10 h da manhã no aéroporto de nossa cidade, e junto dele virá os seus advogados e os representantes do DEM no amazonas.
Iranilsom que asumiu a prefeitura por um periodo de aproximadamente 8h no inicio do mês, poderá se manter no cargo de prefeito tampão até que seja realizada as novas eleições que acontecerá em Coari nos proximos 40 dias, mas até este exato momento o que é de fato, é que a desenbrgadora Maria das Graças decidiu que o Rodrigo Alves Prefeito que fora cassado deixe o comando da prefeitura de Coari, segundo declarou nos jornais que estaram circulando amanhã em todo o estado.

FORA DO CARGO MAIS UMA VEZ

RODRIGO ALVES AFASTADO DA PREFEITURA DE COARI-

A desembargadora Maria das Graça Figueiredo, presidente em exercício do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, cassou nesta quarta-feira três liminares que mantinham o prefeito de Coari, Rodrigo Alves, e o vice-prefeito Leondino Menezes à frente da prefeitura. São atingidos pela medida os vereadores Adão Martins e José Henrique de Oliveira, também cassados pelo TRE. A desembargadora determinou que a secretaria do TRE faça com que o acórdão que cassou o grupo do ex-prefeito Adail Pinheiro seja cumprido imediatamente.Nesta quinta-feira a secretaria do Tribunal deverá comunicar ao juiz da comarca, Mathues Guedes, a respeito da decisão.Graça Figueiredo acatou os pedidos do procurador-regional eleitoral, Edmilson Barreiros da Costa, que ingressou ontem solicitando o cumprimento do acórdão da Corte do Tribunal que cassou no início de julho os mandatos de Rodrigo Alves, Leondino Menezes e dos vereadores Adão Martins e José Henrique.De acordo com o advogado Júnior Fernandes, que representa o vereador Iran Medeiros, seu cliente viaja amanhã para Coari onde irá assumir a prefeitura. Fernandes disse que eleição para apresidência da Câmara de Coari, realizada semana passada, quando o vereador Emídio Guedes foi eleito vice-presidente, numa manobra para assumir a prefeitura, no caso da cassação de Rodrigo Alves ser confirmada, não tem validade alguma. Emídio Rodrigues Neto responde a três processos na Justiça Federal, um deles por crime de lavagem ou ocultação de bens, direitos de valores, Lei 9.613/98. O parlamentar foi um dos presos na Operação Matusalém, desencadeada pela Polícia Federal em abril de 2004.

Blog do Holnda

LIMINAR CASSADA PELA GRAÇA DE DEUS.

RODRIGO ALVES AFASTADO DA PREFEITURA DE COARI- A desembargadora Graça Figueiredo revogou a liminar que permitiu que o prefeito cassado de Coari, Rodrigo Alves, ficasse no cargo até o julgamento de Recurso Especial, ou do Agravo de Instrumento no Tribunal Superior Eleitoral. Com a medida, Rodrigo deve deixar a Prefeitura ainda hoje. Seus advogados já estão recorrendo ao TSE. A desembargadora também determinou o "rebloqueio" das contas do município de Coari. Mais detalhes em instantes, no Blog.

IRAM MEDEIROS DEVE ASSUMIR AMANHA O CARGO DE PRESIDENTE E PREFEITO TAMPÃO

A decisão da desembargadora Maria das Graças Figueiredo restaura a sucessão do poder em Coari com vistas às eleições para prefeito tampão. Quem assume a Câmara Municipal de Coari é o vereador Iran Medeiros, que passará a responder também pela prefeitura até o TRE realizar a nova eleição. O BLOGdaFLORESTA entrou em contato com assessores de Iran Medeiros e foi informado de que ele planeja assumir a Câmara e a prefeitura imediatamente. Sua viagem está sendo programada para amanhã de manhã.
Fonte Blog da Floresta

CASSAÇÃO DE RODRIGO ALVES É MANTIDA

A decisão da desembargadora Maria das Graças Figueiredo, tomada há pouco, defenestra todo o grupo do ex-prefeito Adail Pinheiro do poder em Coari, após mais de 8 anos de anos de desmandos, pedofilia e badalações permanentes à custa do dinheiro dos contribuintes.A desembargadora cassou todas as liminares de Socorro Guedes que deu sobrevida ao grupo e lhe permitiu o acesso aos cofres públicos. A decisão na prática restaura a decisão soberana do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que cassou os políticos ligados a Adail envolvidos com abuso do poder econômico. Para Adail e sua troupe, só resta agora lançar alguém nas próximas eleições para prefeito tampão, com o detalhe de que o grupo não terá mais a máquina da prefeitura nas mãos. E além disso, deve se preparar para enfrentar uma indignação cada vez mais crescente no seio da população.
Fonte/ Blog da Floresta

GRAÇA MILAGROSA!!

A desembargadora Maria das Graças Figueiredo acaba de revogar as quatro liminares concedidas pela outra desembargadora Socorro Guedes, mantendo a cassação do prefeito de Coari, Rodrigo Alves, de seu vice, e de outros aliados políticos.
Fonte blog da Floresta

Sobre o segundo Plano

Plano Estratégico de Desenvolvimento


A decisão de elaborar um Plano Estratégico de Desenvolvimento para o município fundamenta-se na necessidade de prolongar os trabalhos de planejamento já desenvolvidos, principalmente o Plano Diretor . O conceito básico de um plano estratégico é aprofundar uma visão de futuro para o município, discutindo-se o seu papel socioeconômico e sua inserção macrorregional para o desenvolvimento do Plano Estratégico, o que se busca é a construção de perspectivas e objetivos de futuro, tendo como base uma avaliação das potencialidades e das limitações e condicionantes do município, postas frente à ameaças e oportunidades exteriores. A cidade deve ser avaliada não somente do ponto de vista interno, mas também das relações que estabelece com o território de seu entorno, e ainda com os principais centros da rede urbana estadual e do país.Mais do que um documento de intenções, o Plano Estratégico deve ser um instrumento que oriente o detalhamento de ações, atividades, planos, projetos e programas operacionais para o desenvolvimento da cidade, nos quais os agentes não apenas se revêem na dimensão dos objetivos estratégicos, mas se envolvem de forma coordenada na realização de ações e de projetos específicos.Segundo os Termos de Referência, a elaboração do Plano Estrataégico de Desenvolvimento do Município, estamos perto de mais uma vez ser lançado um outro plano estatégico para desenvolver Coari, vamos torcer para que de 100% dos assuntos posto em pauta pela administração se realize, estamos ai na torcida e também para relembrar no final do mandato as propostas a serem lançadas nos proximos dias.
Estamos de Olho!!
Levit Oliveira Garoto

Dep. Josue Neto comemora 107 anos de Itapiranga


Josué Neto festeja os 107 anos de Itapiranga
O deputado estadual Josué Neto, vice-líder do Governo e corregedor da ALE/AM, prestigiou neste final de semana, as festividades em comemoração aos 107 anos do município de Itapiranga. Ao lado do prefeito local Nadiel Serrão (PMDB), Neto conversou com moradores e participou de programa na Rádio Liberal, onde aproveitou para agradecer o carinho com que sempre é recebido pela população do município a cada viagem. “O povo de Itapiranga é tão acolhedor que neste ano de 2009 até decidi comemorar o meu próprio aniversário aqui”, disse, lembrando da festa de seu aniversário ocorrida na cidade, em maio passado.O parlamentar também destacou as intervenções e pronunciamentos que tem feito em benefício da população daquela região do Estado. Entre eles, a solicitação da extensão do Programa Luz para Todos a várias comunidades rurais. “Já conseguimos da Amazonas Energia, a garantia do serviço para todas as comunidades e isocracies instaladas nos ramais da Estrada da Várzea, com previsão de conclusão das obras já no mês de setembro deste ano. Agora, estamos lutando para levar o Luz para Todos também à comunidade Nossa Senhora do Rosário, na ilha do Madrubá, para onde queremos levar também o asfaltamente da estrada de acesso à comunidade. Os pedidos já foram encaminhados às authorities competentes”, afirmou. Neto lembrou também das melhorias que a população já vem obtendo com o início da reforma do hospital Miguel Batista, que, quando concluída, ampliará sua capacidade de atendimento, com equipamentos modernos e avançados. “Sem falar na pavimentação da Estrada da Várzea, feita pelo Governo do Estado, que está em sua fase final, faltando pouco mais de 20 quilômetros”, falou.O parlamentar lembrou ainda que já encaminhou solicitação ao governador do Estado, Eduardo Braga, para que a rodovia receba o nome do ex-senador e ex-governador Gilberto Mestrinho, por ter sido ele, o principal idealizador da rodovia, ainda na década de 80. “Propusemos isso no início de julho, e infelizmente o ex-governador faleceu antes que pudéssemos dar a ele a notícia. Agora, mais do que nunca, temos certeza de que isso será uma justa homenagem ao grande estadista que ele foi”, concluiu.
Fonte/ Portal doDep. Josue Neto

A GRAÇA ESTÁ DE VOLTA !


RODRIGO ALVES PODE SER AFASTADO A QUALQUER MOMENTO DA PREFEITURA DE COARI -
A sessão do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da tarde desta terça-feira foi marcada pelo pedido do procurador eleitoral, Edmilson Barreiro Júnior, da revogação da liminar que mantém o prefeito de Coari, Rodrigo Alves, no cargo. A cautelar foi dada pela desembargadora Socorro Guedes, na sexta-feira. Com o retorno da desembargadora Graça Figueiredo, que presidiu o julgamento que cassou o grupo do ex-prefeito Adail Pinheiro, há três semanas, a situação pode ser invertida.Edmilson Barreiros pediu que o acórdão que cassou Rodrigo Alves, o vice-prefeito e o presidente da Câmara Municipal, seja cumprido imediatamente.Ao fim da sessão do pleno, a desembargadora Graça Figueiredo disse que ao sair de férias deixou um quadro definido. "O que aconteceu na minha ausência ainda não tomei pé", declarou, afirmando que analisará as ações impetradas pelo Ministério Público Eleitoral.A declaração de que deixou um quadro e encontrou outro pode ser a pista de que o pedido formalizado pelo MPE na sessão desta terça-feira, pela cassação da liminar que mantém Rodrigo Alves no cargo, será acatado.
Fonte /Blog do Holanda

terça-feira, 28 de julho de 2009

O Rei nu !

Havia um rei muito tolo que adorava roupas bonitas. Os tolos, geralmente, gostam de roupas bonitas. Pois esse rei enviava emissários por todo o país com a missão de comprar roupas diferentes. Era o melhor cliente da Daslu. Os seus guarda-roupas estavam entulhados com ternos, sapatos, gravatas de todas as cores e estilos. Eram tantas as suas roupas que ele estava muito triste porque seus emissários já não encontravam novidades.
Dois espertalhões ouviram falar do gosto do rei pelas roupas e viram nisso uma oportunidade de se enriquecerem às custas da vaidade da Majestade. A vaidade torna bobas as pessoas: elas passam a acreditar nos elogios dos bajuladores... Foi isso que aconteceu com um corvo vaidoso que estava pousado no galho de uma árvore com um queijo na boca: por acreditar nos elogios da raposa ficou sem queijo...
Pois os dois espertalhões-raposa foram até o palácio real e anunciaram-se na portaria, apresentando o seu cartão de visitas: “Doutor Severino e Doutor Valério, especialistas em tecidos mágicos.”
O rei já havia ouvido falar de tecidos de todos os tipos mas nunca ouvira falar de tecidos mágicos. Ficou curioso. Ordenou que os dois fossem trazidos à sua presença. Diante do rei fizeram uma profunda barretada, tirando seus chapéus.
“Falem-me sobre o tecido mágico”, ordenou o rei.
Um dos espertalhões, o mais loquaz, se pôs a falar.
“Majestade, diferente de todos os tecidos comuns, o tecido que nós tecemos é mágico porque somente as pessoas inteligentes podem vê-lo. Vestindo um terno feito com esse tecido Vossa Majestade será cercado apenas por pessoas inteligentes, pois somente elas o verão...”
O rei ficou encantado e imediatamente contratou os dois espertalhões, oferecendo-lhes um amplo aposento onde poderiam montar os seus teares e e tecer o tecido que só os inteligentes poderiam ver..
Passados alguns dias o rei mandou chamar o ministro da educação e ordenou-lhe que fosse examinar o tecido. O ministro dirigiu-se ao aposento onde os tecelões estavam trabalhando.
“Veja, excelência, a beleza do tecido”, disseram eles com a mãos estendidas. O ministro da educação não viu coisa alguma e entrou em pânico. “Meu Deus, eu não vejo o tecido, logo sou burro...” Resolveu, então, fazer de contas que era inteligente e começou a elogiar o tecido como sendo o mais belo que havia visto.
“Majestade”, relatou o minsitro da educação ao rei, “o tecido é incomparável, maravilhoso. De fato os tecelões são verdadeiras magos!” O rei ficou muito feliz.
Passados mais dois dias ele convocou o ministro da guerra e ordenou-lhe que examinasse o tecido. Aconteceu a mesma coisa. Ele não viu coisa alguma. “ Meu Deus”, ele disse, “ não sou inteligente. O ministro da educação viu e eu não estou vendo...” Resolveu adotar a mesma tática do ministro da educação e fez de contas que estava vendo. O rei ficou muito feliz com a seu relatório. E assim aconteceu com todos os outros ministros. Até que o rei resolveu pessoalmente ver o tecido maravilhoso. Mas, como os ministros, ele não viu coisa alguma porque nada havia para ser visto. Aí ele pensou: “Os ministros da educação, da guerra, das finanças, da cultura, das comunicações viram. São inteligentes. Mas eu não vejo nada! Sou burro. Não posso deixar que eles saibam da minha burrice porque pode ser que tal conhecimento venha a desestabilizar o meu governo...” O rei, então, entregou-se a elogios entusiasmados ao tecido que não havia.
O cerimonial do palácio determinou então que deveria haver uma grande festa para que todos vissem o rei em suas novas roupas. E todos ficaram sabendo que somente os inteligentes as veriam. A mídia, televisão e jornais, convidaram todos os cidadãos inteligentes a que comparecessem à solenidade.
No Dia da Pátria, a cidade engalanada, bandeiras por todos os lados, bandas de música, as ruas cheias, tocaram os clarins e ouviu-se uma voz pelos alto-falantes:
“Cidadãos do nosso país! Dentro de poucos instantes a sua inteligência será colocada à prova. O rei vai desfilar usando a roupa que só os inteligentes podem ver.”
Canhões dispararam uma salva de seis tiros. Ruflaram os tambores. Abriram-se os portões do palácio e o rei marchou vestido com a sua roupa nova.
Foi aquele oh! de espanto. Todos ficaram maravilhados. Como era linda a roupa do rei! Todos eram inteligentes.
No alto de uma árvore estava encarapitado um menino a quem não haviam explicado as propriedades mágicas da roupa do rei. Ele olhou, não viu roupa nenhuma, viu o rei pelado exibindo sua enorme barriga, suas nádegas murchas e vergonhas dependuradas. Ficou horrorizado e não se conteve. Deu um grito que a multidão inteira ouviu:
“O rei está pelado!”
Foi aquele espanto. Um silêncio profundo. E uma gargalhada mais ruidosa que a salva de artilharia. Todos gritavam enquanto riam: “ O rei está nu, o rei está nu...”
O rei tratou de tapar as vergonhas com as mãos e voltou correndo para dentro do palácio.
Quanto aos espertalhões, já estavam longe e haviam transferido os milhões que haviam ganho para um paraíso fiscal...”
Não foi bem assim que Hans Christian Andersen contou a estória. Eu introduzi uns floreados para torná-la mais atual. Agora vou contar a mesma estória com um fim diferente. Ela é em tudo igual à versão de Andersen, até o momento do grito do menino.
“O rei está pelado!
Foi aquele espanto. Um silêncio profundo. Seguido pelo grito enfurecido da multidão.
“Menino louco! Menino burro! Não vê a roupa nova do rei! Está querendo desestabilizar o governo! É um subversivo, a serviço das elites!”
Com estas palavras agarraram o menino, colocaram-no numa camisa de força e o internaram num manicômio.
Moral da estória: Em terra de cego quem tem um olho não é rei. É doido.

Interessante essa estória, aqui tambem já passou alguem que só funcionava um olho, mas tinha um papo!!! Pense nisso.

Mais do que na hora.

A Justiça Eleitoral proibiu que militantes ligados ao prefeito Rodrigo Alves e ao candidato Arnaldo Mitoso fizessem propaganda eleitoral antes do tempo. Os militantes percorriam as ruas com as marchinhas da última eleição e faziam provocações uns aos outros, esquetando os ânimos antes do tempo. Representando a oposição, o vereador do PMN, Adinamar Maciel Guimarães, procurou o juiz eleitoral de Coari, enquanto os advogados de Rodrigo Alves faziam o mesmo, evitando prisões que já se anunciavam. Por enquanto, a campanha eleitoral a ser conduzida pelo prefeito que deve assumir o mandato-tampão, parece que terá de esperar um pouco mais. Conforme decisão do TRE, uma nova decisão será realizada em Coari porque o prefeito Rodrigo Alves e seu vice tiveram seus mandatos cassados por abuso de poder econômico.
Fonte/ Blog da Floresta

RETROCESSO DA LIMINAR

A liminar da desembargadora Socorro Guedes, que manteve no cargo o prefeito de Coari,Rodrigo Alves, pode ser cassada pelo Tribunal Superior Eleitoral. A ação da advogada Maria Auxiliadora dos Santos Begnino, dos Democratas, que pede efeito suspensivo, será relatada pelo ministro Ayres Brito, que apresentará seu voto na terça-feira, dia 3 de agosto. Rodrigo foi cassado pelo pleno do TRE, após o reconhecimento da corte de que ele fez uso do poder econômico para vencer as eleições do ano passado.O Tribunal Regional Eleitoral já forneceu as informações solicitadas pelo ministro. Outra novidade do caso Coari, é a volta da desembargadora Graça Figueiredo. De acordo com fontes do Blog, ela suspendeu as férias assim que tomou conhecimento das liminares expedidas ultimamente pelo Tribunal Regional Eleitoral, beneficiando o grupo do ex-prefeito Adail Pinheiro.Em menos de 10 dias foram três as liminares expedidas pela desembargadora Socorro Guedes em favor do prefeito Rodrigo Alves. Uma, desbloqueou as contas de Coari, decisão tomada dias antes pela desembargadora Graça Figueiredo, para proteger o patrimônio do município, ameaçado pelo grupo do prefeito cassado ; outra, manteve Rodrigo no cargo até o julgamento dos embargados de declaração, que acabaram rejeitados pelo Pleno do TRE no julgamento de quinta-feira passada. A terceira, assegurou que Rodrigo ficará na prefeitura de Coari até o julgamento do mérito pelo Tribunal Superior Eleitoral.
Fonte Blog do Holanda

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Sobre nossos moto-taxistas

Lendo essa matéria do Blog do Holanda sobre o reajuste na passagem de ônibus em Manaus, fiquei pensando que ate o momento os nossos motoqueiros ainda não subiram os preços de suas passagens, mas também com tanto motoqueiros rodando pela cidade é bem melhor que reduza o preço ao invés de aumentar, o interessante é que quando perguntamos para algum moto-taxista o porquê de tantas associações se fundando em Coari, eles dizem que é por falta de emprego, mas eu respondo emprego? Porque algumas pessoas dizem que o município esta bem e por isso se esta bem é sinal de que emprego é o que não falta, mas o interessante mesmo é que com tanta gente desempregada o que não falta é passageiros precisando dos serviços de moto-taxi em nossa cidade, ainda bem!

PASSAGEM MAIS CARA NOS ÔNIBUS EM MANAUS

O aumento de R$ 0,25 na tarifa de ônibus em Manaus – conquistado na justiça pelo consórcio Transmanaus - foi uma proposta do prefeito Amazonino Mendes, que incentivou o Sinetram a ingressar com ação no Tribunal de Justiça do Amazonas, porque não queria assumir o desgaste de aumentar a passagem. A denúncia foi feita hoje na Câmara de Vereadores e tem como fonte o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Josildo Oliveira, que teria participado, segundo o vereador Marcelo Ramos, de uma reunião na qual estiveram presentes, além de empresários do setor, o próprio Amazonino. O reajuste, que deve valer nas próximas horas - passagem ficará em R$ 2,25 - foi concedido pelo desembargador Ary Moutinho. "Josildo me falou que o prefeito estava descumprindo o acordo e me fez uma denúncia grave. Disse que Amazonino entregou um documento ao Sinetram para que eles entrassem na justiça pedindo o aumento. Assim, ele tira a responsabilidade do município e encena publicamente que é contra o aumento da tarifa", revelou Marcelo.A se confirmar essa denúncia, que parece grave, ficará claro que o município não está tratando com a necessária seriedade um assunto que vai além de um mero reajuste. O sistema como um todo está falido e a conta tem sido cobrada do contribuinte, via de regra pela concessão de incentivos fiscais que acaba gerando um tipo de privilégio inconcebível, uma vez que não existe contrapartida: a passagem é cara. E é cara porque os serviços oferecidos são de péssima qualidade. O incentivo fiscal passa a ser mero expediente destinado a drenar recursos da sociedade. Se alguém ganhou ou ainda ganha com isso, certamente são os políticos de plantão, e não o usuário de transporte coletivo.Para uma cidade que será subsede da Copa de 2014, Manaus ainda não fez e nem parece disposta a fazer muita coisa para melhorar o transporte de massa, que afinal sempre fez parte de um jogo de poder onde muitos ganham. Menos o usuário

Fonte /Blog do Holanda

SENADOR MAGNO MALTA CONTINUA NA LUTA


No tempo de recesso do Senado Federal o Senador Magno Malta aproveita para intensificar a luta contra a pedofilia viajando pelo interior do estado do Espírito Santo com caminhadas, audiências publicas e reuniões levando os esclarecimentos necessários para o combate ao crime. No dia 20 de julho esteve nas cidades de Pedro Canário e Sooretama. No dia 22 de julho as audiência e reuniões aconteceram em Ponto Belo, Montanha, Pinheiros nas Câmaras Municipais e em Linhares o evento ocorreu na Igreja Evangélica Batista com a presença de várias das autoridades dos locais. A participação do público tem sido maciça; todos muito interessados em contribuir para que a causa seja coroada de sucesso.
Fonte/ Sen. Magno Malta
Dep.Est. BERLAMINO LINS

Belarmino e Jecinaldo Saterê firmam parceria pelos indígenas
O presidente da Assembleia Legislativa, Belarmino Lins (PMDB) e o presidente da Coordenação dos Índios Brasileiros (Coiab), Jecinaldo Saterê, redefiniram antigos compromissos, firmaram novos e esclareceram alguns pontos que permaneciam obscuros até a manhã de ontem. Um dos três nomes constantes da lista tríplice para assumir a Secretaria dos Povos Indígenas (Seind), Jecinaldo Saterê garante que a decisão do governo do Estado criando a nova entidade foi inteligente e decididamente eficaz para o fortalecimento e desenvolvimento das nações indígenas. Para Belão, a meta, agora, é estimular todos os projetos que tenham o objetivo de dar sustentabilidade às 66 nações indígenas espalhadas pelo Estado, bem como se alinhar às lideranças do setor para promover a inclusão de benefícios sociais a todos os 130 mil índios amazonenses. Belarmino Lins definiu a pretensão do governo em criar a nova secretaria, como a aspiração de um governante em marcar seu tempo com a preservação do meio ambiente e com o estímulo às ações voltadas para os povos tradicionais e indígenas. “Com essa secretaria o governo do Amazonas dá um passo à frente dos demais estados, porque mostra claramente sua preocupação com as populações indígenas menos favorecidas”. Segundo Belão, uma das provas dessa disposição do governo foi a destinação de uma cota de 10% do total de vagas na UEA para os povos indígenas. “Com o apoio dos deputados, já temos, hoje, 250 estudantes indígenas matriculados na UEA”, corroborou Jecinaldo, que espera ter o mesmo apoio da Assembléia para implantar um programa de governo sério e objetivo caso seja o indicado pelo governador Eduardo Braga. Segundo o deputado Belarmino Lins. Jecinaldo foi o candidato que acumulou mais pontos na lista tríplice enviada ao Governo. Ele explicou que uma das suas metas para aprimorar as relações educativas e culturais dos povos indígenas será o investimento maciço nas suas tradições. “Em primeiro lugar vamos pedir o apoio dos deputados para ver se a gente consegue aumentar, em 20010, o orçamento da Seind para, no mínimo, R$ 3 milhões, que é o valor de que a gente necessita para executar as atividades-base das comunidades”, explicou Jecinaldo. Na sua avaliação, a remoção das famílias indígenas que moram em áreas precárias deve merecer uma atenção maior do governo do Estado através da nova Secretaria. Segundo ele, o governo já iniciou esse processo. Mas como existem, em Manaus, alguns locais inapropriados para a moradia das famílias indígenas, a Seind vai atuar com maior vigor nesse trabalho através de uma gerência específica. O presidente Belarmino Lins garantiu que a Assembleia Legislativa vai se incorporar à determinação dos pontos indígenas em avançar em direção ao progresso, lembrando que, nascido em Fonte Boa, no Alto Solimões, desde cedo teve contato com “com essa gente séria, brava e ordeira, que apenas quer alcançar uma meta de desenvolvimento compatível com os dias atuais”, finalizou.
Fonte/blog do Belão

domingo, 26 de julho de 2009

23ª CAMPAL DA IASD- COARI







A Igreja Adventista do Sétimo Dia, realizou a sua 23ª Campal na Comunidade de Ariri no lago de Coari nos dias 22 a 25 de Julho e contou com a presença de aproximadamente 2.000 pessoas que estiveram participando do evento que acontece todos os anos em lugares diferente, e desta fez foi uma das mais lindas programação feito pelos os Adventista do Sétimo Dia que sempre estão convidando amigos para visitar seu acampamento no mês de julho de cada ano, contou cm a presença dos Pastores Amério de Coari, Marcos Bentes de Manaus e o Pr. de Codajás dentre os convidados estava o vereador Argemiro Brasil que demonstrou muito apreço pelo trabalho da IASD que faz naquela comunidade da qual o vereador é representante na Câmara de Coari, o evento terminou ontem por volta das 18:h com muita emoção nas despedidas dos irmãos que vieram de Anori, Codajás, Anamã Beruri e Manaus.
O pastor agradeceu o apoio da prefeitura de Coari e da Câmara de vereadores na Pessoa do Vereador Argemiro Brasil.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

OUTRA LIMINAR

LIMINAR RECOLOCA RODRIGO NO CARGO ATÉ JULGAMENTO PELO TSE


A desembargadora Socorro Guedes concedeu liminar ao prefeito de Coari, Rodrigo Alves, cassado há uma semana, dando a ele o direito de permanecer no cargo até o julgamento dos recursos interpostos junto ao Tribunal Superior Eleitoral. Isso pode dar uma sobrevida de quatro anos ao prefeito, tempo superior ao que resta de seu mandato na prefeitura de Coari. Os julgamentos no TSE sempre são protelados, ao sabor de interesses dos caciques nos estados. A desembargadora alegou que era necessário respeitar a vontade popular, manifestada nas urnas, e evitar o efeito desgastante da troca de mandatários, "com prejuizo até mesmo para justiça eleitoral". "Vejo que a concessão da liminar não tem como escopo a proteção do requerente, mantendo-o no cargo, mas sim o resguardo da soberania popular, principio fundamental da Constituição da República do Brasil".(...)A não concessão da liminar - justifica a desembargassdora - presentes seus pressupostos, seria usurpar o poder de seu titular, revogando a procuração por este passada a seu representante". Você vai ler, na íntegra, a decisão da desembargadora, em instantes, no Blog. Acompanhe.

FONTE/ BLOG DO HOLANDA

PORQUE GUARDAMOS O SANTO SÁBADO.

Aqui esta uma das muitas respostar que a Bíblia apresenta:

“Lembra-te do dia de sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor, teu Deus; não farás nenhum trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro; porque, em seis dias, fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo o que neles há e, ao sétimo dia, descansou; por isso, o Senhor abençoou o dia de sábado e o santificou.” Êxodo 20:8-11.

“Orai para que a vossa fuga não se dê no inverno, nem no sábado.” “O sábado foi estabelecido por causa do homem, e não o homem por causa do sábado; de sorte que o Filho do homem é senhor também do sábado.” “Porque, em certo lugar, assim disse, no tocante ao sétimo dia: E descansou Deus, no sétimo dia, de todas as obras que fizera.” “Portanto, resta um repouso para o povo de Deus. Porque aquele que entrou no descanso de Deus, também ele mesmo descansou de suas obras, como Deus das Suas.” “Pois, nEle, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra.” – Mateus 24:20; Marcos 2:27 e 28; Hebreus 4:4, 9 e 10; Colossenses 1:16
Leia a B´´iblia

FAÇA SUA APOSTA!!

Fonte
Mega-Sena pode pagar R$ 56 milhões neste sábado, 2º maior prêmio da história


RIO - A Mega-Sena pode pagar R$ 56 milhões para quem acertar as seis dezenas do concurso 1094, que serão sorteadas na noite deste sábado. De acordo com a Caixa Econômica Federal, esse pode ser o segundo maior prêmio da história da Mega-Sena. O maior - R$ 64,9 milhões - foi sorteado em outubro de 1999. Ainda segundo a Caixa, se aplicado na poupança, o prêmio tem um rendimento mensal de R$ 392 mil.
As apostas podem ser feitas nas casas lotéricas até uma hora antes do sorteio, que acontece às 20h. A aposta simples custa R$ 1,75.
De acordo com a Caixa, as dezenas mais sorteadas até hoje foram: 05 (129 vezes), 41 (128 vezes) e 33 (127 vezes). Já as dezenas menos sorteadas foram 39 (91 vezes), 09 (87 vezes) e 26 (82 vezes

À ESPERA DE UM MILAGRE.


O vereador Iranilson Medeiros disse há pouco em manaus que aguarda a publicação do acórdão com a decisão do TRE que manteve a cassação do prefeito Rodrigo Alves, o vice e vereadores no Diário Oficial do Estado para amanhã à tarde. Advogados solicitaram que no acórdão constasse que o novo presidente da Câmara Municipal legalmente é Iran Medeiros e por conseguinte, na vacância do cargo de prefeito, é ele o novo chefe do Executivo de Coari até que se realizem novas eleições. Se não ocorrer nenhuma outra "anormalidade jurídica" como da vez anterior, Iran Medeiros deve assumir a Câmara Municipal de Coari como presidente já neste sábado e provavelmente na segunda-feira como prefeito de Coari, numa ruptura de poder que não se imaginava que pudesse ocorrer tão cedo.

Fonte/ Blog da Floresta

MANDATO CASSADO

Segundo Aristide Furtado numa matéria especial para o jornal A Crítica, a desembargadora Socorro Guedes deve conceder hoje outra liminar para manter nos cargos o prefeito de Coari, Rodrigo Alves (PP), o vice, Leondino Menezes (PTB), e os vereadores Adão Silva (PP) e José Henrique (PMDB) até o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgar o processo que lhes cassou os mandatos.Na matéria de Aristide, explica o assessor jurídico da Corregedoria Eleitoral, Leland Barroso, que a prática de manter autoridades cassadas nos cargos até o julgamento final do processo, principalmente chefes do Executivo, tem sido adotada pelo TSE para para evitar a alternância no poder, troca-troca de prefeito, e preservar a vontade manifestada pelo povo nas urnas.Além do mais o advogado Délcio Santos, diz que o vereador Iranilson não é parte legítima para pleitear o comando da prefeitura”. Porém tanto o advogado José Fernandes Júnior, seu advogado, como ele, não pensam assim. Vão atrás do poder. Custe o que custar.Com a jogada decisão na câmara de Coari, que elegeu na quarta-feira Emídio Rodrigues 1º vice-presidente da Casa em substituição a Adão Silva; colocando Emídio à frente de Adão na linha sucessória, Iranilson vai soltar os cachorros pra cima deles.A corrida pelo pode está mostrando o quanto nos transformamos, viramos bicho pelos nossos interesses. O vereador Iranilson, outro dia era do grupo do prefeito cassado, hoje, com a oportunidade nas mãos de vir a ser o prefeito, agora é do contra.Essa briga pelo que tudo indica ainda vai levar tempo para ser resolvida. Infelizmente quem nela está não apresenta nenhum sinal de que quer o bem dos coarienses e sim a vontade de sentar no trono e ter nas mãos, a chave do cofre.

Fonte/ Jornal Acrítica

quinta-feira, 23 de julho de 2009

DO BLOG DA FLORESTA

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) manteve hoje a cassação do prefeito de Coari, Rodrigo Alves, de seu vice, além do presidente e do vice da Câmara Municipal de Coari. A decisão também mantém como novo presidente da Câmara Municipal de Coari o vereador Iranilson Medeiros (Iran), que passará a exercer o mandato tampão até a realização de novas eleições para o preenchimento do cargo. Com isso, cai por terra a liminar da desembargadora Socorro Guedes que garantiu a Rodrigo e seu vice o direito de permanecer no cargo até que o caso transite em julgado no TSE, para onde devem recorrer os aliados do grupo do ex-prefeito Adail Pinheiro.

APITO FINAL

RODRIGO SOFRE NOVA DERROTA NO TRE

Por 3 votos a 2 o Tribunal Regional Eleitoral rejeitou os embargos interpostos pela defesa do prefeito Rodrigo Alves, de Coari, e manteve a sua cassação. Mas o prefeito permanece no cargo a até a publicação do acórdão no Diário Oficial do Estado do Amazonas. Ontem à noite, numa manobra para permanecer mandando na Prefeitura de Coari, Rodrigo elegeu como presidente da Câmara de Vereadores o vereador Emidio Guedes, um dos presos na Operação Matusalém, da Policia Federal, em 2004, e antigo aliado do ex-prefeito Adail Pinheiro. Leia NOTICIA RELACIONADA,no alto da página, e mais sobre o julgamento de hoje em instantes,
Fonte/ Blog do Holanda

ATRAÇÕES: BANDA CALIPSO, OZ BAMBAS E ATRAÇÕES LOCAIS PARTICIPE DA FESTA DO POVO DE TEFÉ!!!!!

ENTENDENDO AS CONVERSAS

Aos leitores de nossa página gostaria de tentar esclarecer um pouco as notícias que estão em evidências em nossa cidade, tenho recebido comentários anônimos abusados dizendo que essas coisas são perseguição da oposição ao prefeito Rodrigo Alves e seu grupo político, para um bom entendedor e que muita gente já está cansado em saber que quem pediu a cassação do mandato do Prefeito Rodrigo Alves e mais dois vereadores foi o próprio ministério público do Estado, sendo assim o próprio ministério público é a oposição que o grupo de situação está enfrentando, não consta que foi A ou B quem pediu a cassação pelo fato de no ano 2008 quando o prefeito ainda era o ex-prefeito Adail e o vice era Rodrigo a prefeitura gastou mais de quatro milhões com brindes e estavam presentes nessa festa todos os que estão cassados por uma decisão do próprio TRE e Ministerio Público do Estado, caso não entenda bem o meu comentário, faça o seu comentáro e explique melhor que eu publicarei em minha página do Blog Garoto. 2012

QUANTO DINHEIRO

MAIS UM ESCÃNDALO E A POPULAÇÃO PEDINDO UM BASTA -

A prefeitura de


Coari contratou a AMZ Produções Artísticas e Comércio por R$ 4 milhões 357 mil. A empresa vai alugar trio elétrico para o município. O contrato vigirá de 21 de julho até 31 de dezembro. É o maior do gênero. A festa com o dinheiro público passou dos limites. É feita às claras, com licitação e tudo.Colocar um freio na gastança já não depende das instituições fiscalizadoras – a Câmara de Vereadores e o Tribunal de Contas. Depende, fundamentalmente, da Justiça Eleitoral, que precisa confirmar um veredito de cassação sustado por liminar expedido pela desembargadora Socorro Guedes.. Nesta quinta-feira, o tribunal reúne para julgar os embargos interpostos. Há um empate. O juiz que pediu vista da matéria já votou pela cassação do prefeito Rodrigo Alves. Assim, o pedido de vista parece extemporâneo. O bom senso indica que Francisco Maciel vai manter seu voto inicial e confirmar decisão anterior, que cassou o mandato de Rodrigo Alves, do seu Vice e do presidente da Câmara de Vereadores. Coari precisa respirar, resguardar seus recursos que têm sido drenados por um grupo político disposto a desafiar a todos. Fonte /Blog do Holanda

AS MANOBRAS CONTINUAM

Numa manobra para permanecer mandando na Prefeitura de Coari, na hipótese de o Tribunal Regional Eleitoral derrubar nesta quinta-feira a liminar da desembargadora Socorro Guedes, que o manteve no cargo, o prefeito Rodrigo Alves tentará eleger esta noite como presidente da Câmara de Vereadores o vereador Emidio Guedes, um dos presos na Operação matusalém, da Policia Federal, em 2004.A eleição de Emídio, ligado ao ex-prefeito Adail Pinheiro, é possível porque o vereador Adão Martins, também cassado pelo TRE, mas mantido no cargo pela liminar concedida pela desembargadora Socorro Guedes, renunciou à vice-presidência. O Presidente da Câmara assume a prefeitura na hipótese da liminar da desembargadora ser anulada. Emídio Rodrigues Neto responde a três processos na Justiça Federal, um deles por crime de lavagem ou ocultação de bens, direitos de valores, Lei 9.613/98. O parlamentar foi um dos presos na Operação Matusalém, desencadeada pela Polícia Federal em abril de 2004.
Fonte/ Blog do Holanda

quarta-feira, 22 de julho de 2009

DO BLOG DO HOLANDA

MACIEL DÁ SOBREVIDA A RODRIGO NA PREFEITURA DE COARI

Os embargos de declaração interpostos pela defesa do prefeito de Coari, Rodrigo Alves, tiveram o voto contrário da juíza Joana Meireles e do juiz federal Márcio Freitas, na sessão do Pleno desta terça-feira. Com os votos favoráveis dos juízes Elci Simões e Mario Augusto, o desempate não veio. O juiz Francisco Maciel pediu vista, apesar da alegação de Márcio Freitas de que a medida era protelatória.O caso volta a ser julgado na próxima sessão do Pleno, marcada para quinta-feira, e por enquanto prevalece a liminar da desembargadora Socorro Guedes, que manteve Rodrigo no cargo, apesar da sua cassação pelo Tribunal Regional Eleitoral no dia 8 de junho.Para o advogado Júnior Fernandes, o pedido de vista do juiz Francisco Marciel é estranho. "Essa matéria já foi exaustivamente analisada. E agora o juiz, que já votou pela culpabilidade dos réus, pede vista", questionou.Por volta de 15h, em Coari, estava sendo anunciado no município que seria pedido vista no julgamento de hoje. "Eles anunciavam em todas os cantos da cidade que ficariam no cargo", disse o presidente do sindicato dos Mototaxistas, Abrahin Souza da Costa, que esteve presente no TRE, acompanhando a sessão do Pleno.Os advogados de Rodrigo Alves temiam uma derrota e deram entrada a um recurso especial no Tribunal Superior Eleitoral para tentar derrubar uma eventual decisão desfavorável à permanência do prefeito no cargo. A peça foi recebida na Corte Regional, mas seguiu para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

COMENTÁRIO

DR. ÉRICO SENA - ADVOGADO escreveu em 22/7/2009, às 01:29:

Nobres Amigos.A decisão do TRE está em empate.... ou seja... estão so votos e, 2 x 2 no momento.... o Dr. MAciel pediu vistas do processo para apresentar sua decisão na próxima quinta-feira... daí sim saberemos se os embargos de declaração darão efeitos suspensivos a decisão que cassou o atual prefeito de Coari, jah que a lei Eleitoral diz q a aplicabilidade da lei é imediata.Creio que, mesmo havendo decisão concesiva do efeito suspensivo da cassação de Rodrigo Alves e Cia, o TSE, através de seu novo Presidente, o entendimento é que não há aplicação da jurisprudência antiga, ou seja, deve ser aplicado a interpretação da lei... Serei mais objetivo:A lei Eleitoral expressa que deverá ter a aplicabilidade imediata da decisão eleitoral, indenpendente do recusro, para que a demanda não perca seu objeto.... Se pensármos que, só depois de transitado todos os recursos impostos pela parte perdedora, jah passaria o mandato do eminete prefeito cassado, que burlou a lei eleitoral para obter os votos de forma anti-democrática, assim, a lei eleitoral perderia seu vigor e a sua eficácia... Por tudo isso, deverá ter a aplicabilidade imediata das decisões eleitorais... Mais daí perguntaria-se: Cabe efeito suspensivo dessas decisões, face ao prncípio da presunção da inocência?Eu diria que cabe, mas salvo exceções.... raríssimas exceções, onde, exemplificando-se, nos casos de insuficiência de provas, nos casos de decisões manifestamentes ilegais, face a lei material ou processual, etc.... O que não cabe ao caso do atual prefeito de Coari, Rodrigo Alves da Costa e cia, onde há provas robustas noas autos de prática vedada e abuso do poder econômico e político... Caros amigos.... Os que me conhecem, eu sou bastante técnico, não me empolgo por trabalhar pra situação ou oposiçao, apenas demonstro meu parecer técnico-jurídico, já que tenho formação e especialização pra tal...Esperem que em breve terá novas eleições em Coari, daí sim o povo terá nova opção para permanecer nessa atual administração ou que o mude, almejando uma possível mudança, se assim o quiserem.... A livre escolha será da demicracia, da vontade e anseio popular... Que este não mais se evidencie de qualquer tipo de vício...Grande abraço a todos, companheiros ou não
Fonte/ Blog do holanda

TEFÉ É POINT 10

Depois de uma semana na cidade de Tefé em companhia de amigos e parentes retornei a nossa cidade, e a partir de hoje estaremos continuando a postar noticias de nosso município, trago um convite a todos e um abraço de meu amigo Aldir Martins do Point 10 Tefé que vá até a cidade de Tefé para comemoração da X festa da Castanha e chegando lá você será bem recebido por um Coariense que está dominando as noites tefeense com o Point 10.
Tefé, por ser uma das cidades importantes do nosso Estado, tem uma típica humildade em seus moradores no tratamento de seus visitantes, os moradores dizem que Tefé tem clima de cidade grande e por isso o custo de vida é bem menor que o daqui, a cidade oferece diversas opções de lazer tais como: Balneários, Chácaras, Clubs de todos os gostos, Restaurantes de primeira qualidade e muito lazer para quem quer sairdo convencional, então, fica aqui o convite e participe da festa da Castanha conhecida como comemoração da produção do povo de Tefé.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

EX-GOVERNADOR GILBERTO MESTRINHO DESCANSE EM PAZ



O ADEUS AO LENDÁRIO BOTO DO AMAZONAS

UTILIDADE PÚBLICA, VA LÁ!!

CONVITE Amigo (a) coariense, nossa cidade tem sido... CONVITEAmigo (a) coariense, nossa cidade tem sido estampada nos últimos dias em vários noticiários pelo Brasil a fora, sendo ligada a diversos escândalos como: Corrupção, Pedofilia, mal uso de verbas públicas e etc. Tudo isso tem entristecido bastante as pessoas de bem de nosso município.É chegada a hora de todos nós mostrarmos nossa indignação frente a todos esses escândalos. Diante disso, o grupo de Articulação das Mulheres de Coari, vem através deste, convidar a população em geral para uma grande manifestação em prol da cidadania, da democracia, e do bom uso do dinheiro público. Você moto-taxista, comerciante, estudante, professor, funcionário público, ribeirinho, feirante, pais de família e etc. Este é o momento de nos manifestarmos! Faça sua faixa, vista a sua camisa e vamos sair às ruas da cidade mostrando qual é a verdadeira vontade do povo coariense, teremos a cobertura completa da Rede Record de Comunicação em nível nacional, através do Programa Domingo Espetacular.“Quem cala consente”Data do Evento: 20 de Julho de 2009 (segunda-feira)Local de concentração: Praça da Igreja de São Francisco – Bairro de Tauá-Mirim.Horário: 16:00 hs.Agradecemos desde já a sua participação.Coordenação de Articulação das mulheres de Coari

sábado, 18 de julho de 2009

FESTA DO POVO DE TEFÉ


A X Festa da Castanha será realizada em Tefé nos dias 24, 25 e 26 de Julho de 2009 e vai contar com a presença de diversas atrações nacionais e regionais. A prefeitura municipal já antecipou que não poupou esforços para fazer mais uma vez uma festa inesquecível. Com as melhores atrações do pais, venha voce para a essa festa!!!

quinta-feira, 16 de julho de 2009

SAINDO FORA!!!

ANGELUS FIGUEIRA
Grupo de Amazonino quer distância de Adail

Deputados ligados politicamente ao prefeito Amazonino Mendes deixaram claro que querem distância do ex-prefeito Adail Pinheiro. Àngelus Figueira fez um discurso deixando claro que Adail Pinheiro faz parte de um grupo de pessoas que precisam ser execradas da vida pública. ´São pessoas que só servem para roubar o dinheiro público e difamar a honra do nosso estado quando se convertem em notícia na mídia nacional´´, destacou Ângelus. A deputada Vera Lúcia Castelo Branco, por sua vez, foi para Brasília e acompanhou todos os depoimentos da CPI da Pedofilia. Ela ficou indignada com o ministro Gilmar Mendes que permitiu o silêncio a depoentes como Adail Pinheiro. ´´Vai ser pior para vários deles, porque afinal de contas eles tiveram a oportunidade de se defender das graves acusações e não o fizeram´´, destacou a parlamentar.
Fonte Blog da Floresta

PADRE ZEZINHODE COARI É DESTAQUE NO JORNAL DA GLOBO

O impacto da construção do gasoduto na vida da população amazônica

O gasoduto que vai levar o gás de Urucu para Manaus demorou três anos para ser construído. No auge, a obra empregava quase nove mil pessoas. Foi preciso usar técnicas de construção inovadoras para diminuir os danos ao ambiente. Os engenheiros enfrentaram desafios específicos da Amazônia. Muitos rios, entre eles o enorme Solimões, lagos, pântanos, chuvas intensas, solo instável e uma floresta a ser protegida. Os riscos ambientais na região do Solimões são bem conhecidos e a preparação para enfrentar uma eventual situação de emergência é intensa, mas há outro tipo de impacto que recebe pouca atenção: as mudanças na vida da população. O gasoduto, por exemplo, cortou a pequena Vila de Santa Luzia do Miriti e as 30 famílias que vivem aqui esperavam uma grande melhoria de vida com a chegada da riqueza do gás, mas ficaram desapontadas. Com sua política de compensação, a Petrobrás construiu o prédio de uma escola, que é também a sede da Associação Comunitária, mas os moradores acham que foi pouco. Não receberam a luz prometida e o motor da bomba do poço de água não funciona. Poucas das promessas escritas foram cumpridas. A ironia é que com todo o gás natural que vai passar pela vila, os moradores não têm energia nem mesmo para uma câmara frigorífica. O Cupuaçu, único bem que pode ser comercializado pelos moradores, apodrece no chão. O engenheiro ambiental Alexandre Rivas trabalha com comunidades na área do gasoduto. Ele explica por que parte do lucro do petróleo e do gás tem de ficar na Amazônia. "A nossa preocupação seria o quanto a indústria do petróleo, ou a indústria de extração de recursos natural, consegue interagir com o desenvolvimento, ajudar no desenvolvimento da região. Que não seja uma exploração pela exploração". O ciclo do petróleo poderia ter feito de Coari uma cidade modelo, mas a realidade está longe disso. Coari ficou rica com Urucu. As reservas estão dentro da área do município. No ano passado a cidade recebeu R$ 60 milhões em royalties, quase R$ 1.000 por habitante, mas o que se vê nas ruas é pobreza. "Dinheiro tem demais, agora ninguém sabe para onde é que vai. Ninguém sabe para onde está sendo aplicado esse dinheiro". "Tudo errado, até os cegos enxergam isso. Está tudo errado", comentam moradores. A população ribeirinha tinha em 2006 uma renda per capita de apenas R$ 115 por mês, bem menos que a renda média dos moradores das áreas rurais do Estado. Os administradores de Coari tem uma clara preferência por obras que possam ser vistas pelos eleitores e que envolvam grandes contratos. Os prédios das escolas municipais são novos e modernos, mas a qualidade do ensino fica abaixo da média do Estado do Amazonas. Fica atrás de cidades do mesmo porte que não contam com a riqueza do gás e do petróleo. No ano passado a Polícia Federal lançou a 'Operação Vorax' para apurar desvios de verbas da prefeitura. 22 pessoas foram presas e quase R$ 7 milhões em dinheiro vivo foram achados em malas. A acusação foi de superfaturamento em obras. O atual prefeito, que chegou a ser detido na operação, reconhece alguns problemas da cidade, mas diz que o dinheiro está sendo bem aplicado. "Um município que não tinha nada e se tornou hoje, graças a Deus, conhecido pelas obras, pelas infra-estruturas que foram criadas. Eu reconheço que hoje as ruas estão esburacadas, mas isso dai não quer dizer que nos não podemos resolver", afirma o Prefeito de Coari, Rodrigo Alves da Costa. Padre Zezinho, um crítico dos administradores da cidade, lamenta a situação de Coari. "Ostentamos índices ridículos, pífios, na qualidade da educação do nosso município. Um péssimo tratamento da água. Eu me sinto assim, como padre, angustiado de ver tanta pobreza em um município tão rico". Os indígenas receberam mais atenção. As poucas aldeias que tiveram sua área cortada pelo gasoduto foram recompensadas com boa ajuda. Baku, a cacique de um grupo Sateré-Mawé, com dez famílias, está feliz. Teve dinheiro para a oca da escola, fez uma farmácia de ervas naturais e ainda construiu um grande espaço para atividades religiosas e culturais. As crianças aprendem o português e também cultivam a língua de seus ancestrais. A farmácia é muito importante. Os Sateré-Mawé foram iniciadores da cultura do guaraná e têm remédios para quase todos as doenças, mas quando perguntei a Cacique qual era a melhoria de que ela mais se orgulhava, não titubeou.

"Primeiro a escola trouxe uma coisa muito importante para nós. Porque daqui era muito longe para estudar e está dentro da nossa comunidade a nossa escola. Precisa nossos indinhos irem lá na cidade e voltar? Não, dentro da comunidade que estão estudando." A Petrobrás afirma que já implementou diversas medidas compensatórias para as comunidades por onde passa o gasoduto e que todos os acordos com a Vila de Santa Luzia do Miriti serão cumpridos.

FONTE/ WWW.G1/JORNALDAGLOBO.COM.BR

quarta-feira, 15 de julho de 2009

HAJA MARACUGINA PRA MUITA GENTE

DECISÃO QUE MANTEVE RODRIGO NO CARGO PODE SER ANULADA

Pedido de Liminar do vice-prefeito de Coari, Leondino Coelho de Menezes, deveria ter sido analisado pelo juiz plantonista e não pela desembargadora Socorro Guedes, segundo entendimento do Ministério Público Eleitoral - O Ministério Público Eleitoral no Amazonas pediu reconsideração da decisão liminar que manteve o prefeito de Coari, Rodrigo Alves da Costa, o vice-prefeito Leondino Coelho de Menezes, os vereadores Adão da Silva e José Henrique, que também preside a Câmara Municipal de Coari, nos cargos após a cassação deles pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas no dia 8 deste mês.O pedido de liminar foi feito pelo vice-prefeito Leondino, mas a decisão da desembargadora suspendeu a cassação de todos os políticos envolvidos no caso. Para o MPE/AM, a decisão não poderia ter atingido o prefeito Rodrigo e os vereadores Adão e José Henrique, já que eles não formalizaram o pedido com o vice-prefeito. O procurador regional eleitoral, Edmilson da Costa Barreiros Júnior, afirmou que , segundo o Código Eleitoral, o pedido de liminar não deveria ter sido analisado pela desembargadora que atuava como presidente do TRE/AM, e sim pelo juiz plantonista, Reginaldo Márcio Pereira. “A ilustre desembargadora presidente por substituição, Maria do Perpétuo Socorro Guedes Moura, no exercício da Presidência do TRE/AM, usurpou a competência do plantonista, o juiz federal Reginaldo Márcio Pereira, inclusive o relator do acórdão que cassou os mandatos, e profundo conhecedor das minúcias do processo principal”, afirmou. BLOG DO HOLANDA

UM SHOW DE CINISMO

Ex-prefeito de Coari nega acusações de pedofilia



Em reunião que se estendeu por mais de cinco horas, nesta terça-feira (14), os senadores que integram a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da PedofiliaEntenda o assunto colheram o depoimento do ex-prefeito de Coari (AM), Manoel Adail Amaral Pinheiro; do ex-sócio da Agência Mega Models, Fabio Martins Marques; e da ex-secretária de Ação Social do município Maria Landia Rodrigues dos Santos. Todos estão sendo investigados por suspeita de envolvimento com rede criminosa no Amazonas, descoberta pela Operação Vorax da Polícia Federal (PF). O ex-prefeito negou qualquer envolvimento com práticas de pedofilia e acusou opositores políticos de fabricarem as acusações contra ele.De acordo com o presidente da CPI, senador Magno Malta (PR-ES), que teve acesso aos autos da investigação da PF, contendo inclusive a degravação de conversas telefônicas entre os envolvidos, o ex-prefeito é suspeito de ter praticado relações sexuais com uma modelo menor de idade contratada pela Agência Mega Models para evento festivo patrocinado pela Prefeitura de Coari quando ele ainda era prefeito. Ele teria assediado a menor durante viagem de barco entre Tefé e Coari, estando ela e mais três modelos no barco, além de Fabio Martins Marques. Apenas uma das quatro modelos era menor.Como os três depoimentos apresentaram divergências, a CPI aprovou durante a reunião duas acareações: a primeira entre Fabio e Adail e a segunda entre Adail e Landia. Tanto Adail quanto Landia falaram pouco durante seus depoimentos, pois lançaram mão, por diversas vezes, do direito constitucional de permanecerem calados. Ambos também não afirmaram nem negaram nada durante as acareações.Adail disse que não viu nem Fabio nem as quatro modelos durante a viagem de barco, mas Fabio garantiu que o então prefeito viu todos no barco, jantou com os passageiros e levou duas das modelos maiores de idade para suas acomodações na embarcação. Landia, acusada de agenciar mulheres e adolescentes para o então prefeito, não respondeu a maioria das perguntas, limitando-se a dizer que nunca viu pedofilia em Coari.Adail se disse surpreso com as acusações, as quais atribuiu à "oposição política extremamente desonesta" de Coari. Ele disse que a "denúncia foi fabricada politicamente", em uma ação política para prejudicá-lo. O ex-prefeito atribuiu as denúncias à uma "perseguição e armação política". Adail afirmou que não teve contatos com as modelos dentro do barco mas, quando foi contestado por Fabio na acareação, preferiu ficar calado.- Eu não sabia que tinha uma adolescente no barco, não conversei com as modelos - afirmou Adail em seu depoimento, dizendo que teria chegado primeiro no barco, não teria visto ninguém e teria dormido sozinho.- A menor não foi abusada - garantiu Fabio, afirmando também que Adail não teria dormido sozinho, mas sim com duas das modelos maiores de idade.Fabio também rechaçou a acusação de que seria agenciador de garotas de programa e afirmou que nunca contribuiu para qualquer prática de pedofilia. Ele disse ainda que o episódio prejudicou seriamente sua vida e sua carreira profissional.Também participaram da reunião da CPI da Pedofilia os senadores Demóstenes Torres (DEM-GO), Arthur Virgílio (PSDB-AM), Romeu Tuma (PTB-SP), Papaléo Paes (PSDB-AP), José Nery (PSOL-PA) e deputados estaduais e federais do Amazonas.Outros depoentesOs depoimentos do empresário Otávio Raman Neves e do ex-delegado da Polícia Civil Osvaldo Figueiredo Maia foram adiados para esta quarta-feira (15). Já os outros três convocados não compareceram: o ex-secretário de Administração de Coari Adriano Teixeira Salan, o ex-secretário de Comunicações do município Valcione Carvalho, e o sócio de Fabio na Agência Mega Models, Carlos Alexandre Oliveira Correa. Os três devem ser reconvocados pelo colegiado.A CPI deve encerrar os seus trabalhos em 23 de setembro.Augusto Castro / Agência Senado

VÃO VASCULHAR COARI

O HOMEM DA MALA ERA UMA MALAO ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro, não perde a pose. Confrontado com o depoimento de assessores pessoais na CPI da Pedofilia, ontem à tarde, disse que vai processar Haroldo Portela e Lândia. Haroldo era o homem da mala que marcava todos os encontros sociais de Adail em Manaus, cuidava da divulgação de matérias e programava as festanças que o ex-prefeito organizava em Coari. Tem gente apostando que desta vez o blefe não pega mais.

A TV Record está enviando ao Amazonas uma equipe do programa 'Domingo Espetacular' para produzir reportagem sobre o caso do juiz do trabalho Antônio Carlos Branquinho, preso pela PF depois de serem reveladas fotos nas quais aparece mantendo relações sexuais com crianças dentro da Delegacia do Trabalho em Tefé. A equipe também vai a Coari, onde a abordagem será os escândalos de corrupção e pedofilia, envolvendo o grupo do ex-prefeito Adail Pinheiro.

terça-feira, 14 de julho de 2009

COBRA ENGOLINDO COBRA

Elcinmar Freitas, do Blog do Holanda, em Brasilia - Na acareação com o ex-prefeito Adail Pinheiro, a servidora do município de Coari, Maria Lândia Rodigues dos Santos, exagerou ao responder 56 vezes que usava do direito de ficar calada. O senador Magno Malta, presidente da CPI, já não sabia mais o que perguntar. Chegou a indagar se ela dormia direito(com a consciência tranquila) já que entregou uma sobrinha para o ex-prefeito Adail Pinheiro. Mais uma vez Lândia fez uso “do direito de ficar calada”. Lândia estava amparada por habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal Federal. A servidora, que era a ponte entre as menores e Adail, foi blindada pelo grupo do ex-prefeito, que levou a questão ao STF. Era importante, para Adail, blindar a mulher, chamada de cafetina pelo senador nos depoimentos de Coari, porque ela não apenas sabe muito, mas também foi quem pagou e levou as mulheres para fazer programas sexuais com o prefeito e seus assessores.O senador Magno Malta pediu que a Polícia Federal dê proteção a Fábio Marques, o Fabinho, e perguntou se Lândia tinha medo. Ela disse que sim. Por um momento parecia que ia finalmente falar, mas voltou a usar o direito de ficar calada. Estava fragilizada, desprotegida, com medo. “A senhora tem medo do quê ? “ perguntou o senador. Lândia não respondeu. No encerramento, Magno Malta cometeu um pecadilho, produto do cansaço de horas de depoimentos. Depois de dizer que Adriano Salan não está doente, que sabe que na tarde desta terça-feira ele estava em Manaus, num café, localizado na estrada Ninton Lins, e que vai ter de depor de qualquer maneira, revelou que na Asseembléia Legislativa do Amazonas há um deputado pedófilo.E citou o nome de Wallace Souza. Exageros à parte, Wallace pode ser o chefe de uma quadrilha, que segundo a Policia, trafica e mata, mas ninguém provou, nem sugeriu, que é um pedófilo.

FABINHO DESABAFA


Elcimar Freitas,do Blog do Holanda , em Brasilia - O ex-prefeito Adail Pinheiro foi colocado frente a frente com Fabio Marques, o Fabinho, hoje, em Brasília, durante depoimento na CPI da Pedofilia, mas disse que se reservava o direito de ficar calado. Fabinho revelou que Adail levava as mulheres para um barco e lá mantinha relações com elas. Quanto à história contada por Adail – o ex-prefeito havia dito no seu depoimento que nas viagens de barco passava o tempo dormindo – Fabinho disse que não era verdade, que o passatempo do ex-prefeito era transar com as meninas. Fabio é sócio da Mega Models, uma agência de modelos que “negociava” as garotas para a prática de sexo com funcionários graduados, como Adriano Salan, secretário de Governo, e o próprio ex-prefeito.COM OTÁVIO RAMANFabinho, durante a acareação, não escondeu seu carinho pelo empresário Otávio Raman Neves. Disse que eles se tratavam como “dois gays”, e voltou a confirmar ser muito intimo do empresário, lembrando que foi Otávio quem pagou o advogado para defendê-lo. Otávio depõe nesta quarta-feira, as 9n horas.

PENSE NUM CARA LISO!!!

URGENTE
Elcimar Freitas, do Blog do Holanda, em Brasilia - O ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro, depôs hoje na CPI da Pedofilia, no Senado, e disse que o seu nome foi jogado na lama pelo ex-secretário Adriano Salan e a assessora Lândia. Anunciou que vai processar os dois. Adail caiu em contradição quando foi indagado sobre as orgias que fazia entre Tefé, Coari e Manaus. No depoimento Adail disse que ficou surpreso com as escutas da Polícia Federal, onde Lândia, Haroldo e Adriano aparecem falando em mulheres, citando o seu nome, e afirmou que vai acioná-los judicialmente por o terem envolvido com pedofilia. Lândia, protegida por um HC expedido pelo Supremo Tribunal federalo, depôs mas ficou calada. O terceiro a depor foi Fábio Martins, o Fabinho, que disse que as modelos mantiveram relações com Adail no barco ...

AGENCIA DO SENADO

Agência Senado Móvel



CPIS / Pedofilia


Ex-prefeito de Coari, no Amazonas, depõe nesta terça-feira

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia realiza audiência pública nesta terça-feira (14) para aprofundar as investigações sobre rede de pedofilia envolvendo autoridades do município de Coari (AM) - município localizado a 370 quilômetro de Manaus. O ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro, principal suspeito de abusos sexuais contra menores, prestará depoimento à comissão. A rede criminosa no Amazonas foi descoberta pela Operação Vorax, da Polícia Federal.

A comissão ouvirá também os secretários municipais de Administração, Adriano Teixeira Salan; e de Comunicações, Valcione Tavares. A ex-secretária de Ação Social do município, Maria Landia Rodrigues dos Santos, também prestará depoimento à CPI da Pedofilia. Ela, segundo o presidente da comissão, senador Magno Malta (PR-ES), era "a cafetina e quem levava as meninas para fazerem aborto" na clínica clandestina também descoberta pela Polícia Federal.

Na audiência desta terça-feira, a CPI ainda ouvirá Carlos Alexandre Oliveira Corrêa e Fábio Marques Martins, sócios da Agência Mega Models, utilizada para recrutar as adolescentes; bem como o empresário Otávio Raman Neves e o ex-delegado da Polícia Civil de Coari Osvaldo Figueiredo Maia.

A audiência pública está marcada para as 14 horas, na sala 6 da ala Nilo Coelho.

Iara Farias Borges / Agência Senado

(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

OS OUVIDOS

Começou em Brasília, a reunião da CPI da Pedofilia. Serão ouvidos as seguintes pessoas, todas do Estado do Amazonas:

Adriano Salan,

Valcione Tavares,

Maria Landia Rodrigues dos Santos,

Carlos Alexandre Oliveira Correa,

Fábio Marques Martins,

Otávio Raman Neves,

Adail Pinheiro e

Oswaldo Figueiredo Maia .

EFEITO MELISSA!

Na novela Caminho das Índias Cristiane Torlone vive o papel de Melissa Cadore, uma milionária que não ta nem ai para os problemas da vida e convive com um filho que está psicologicamente com problemas mentais e mesmo assim ela continua fingindo que não está acontecendo nada com seu filho e adora ouvir o que é bom para seus ouvidos enquanto seu filho sofre com problemas mentais. Aqui em nosso município não é diferente não, temos muitas Melissas Cadore da vida que não estão nem ai para tudo isso que esta acontecendo em nossa cidade e fingem que nem ver os problemas que Coari está enfrentando, como por exemplo, os moradores do Bairro da Liberdade estão sofrendo com problema de energia elétrica e água potável há vários dias e eles ja procuraram ajuda e dizem que não sabem de quem é problema e continuam sem energia e água, e eu pergunto, quem pode fazer algo por aquele bairro? outra situação que acho interessante é asfaltar as ruas com barro é o que está acontecendo em várias vias de nossa cidade, o código nacional de transito diz que boa parte do dinheiro cobrado das multas de transito seja investido nas vias publicas para o melhoramento do transito da cidade, e continuam sendo feita ás apreensão de veículos e não vemos o dinheiro investido na operação tapa buraco.O bairro do Uruco está uma calamidade só, não se consegue trafegar de moto ou carro por aquelas ruas por que não tem condições de se locomover com veículo naquele bairro e vários outros casos que sabemos que existe mas o efeito Melissa está impregnado que não se ver mais nada, por outro lado o município não tem nenhuma outra fonte de renda a não ser a prefeitura que graças a Deus temos tanta sorte que os Roialtes irão aumentar ainda mais e esse é um mérito do município seja quem estiver no comando vai sempre cair nas contas de nossa Coari.
Estamos de olho, fique você tambem.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Á ESPERA CONTINUA

O tão esperado julgamento do Tribunal Regional Eleitoral hoje em manaus sobre a liminar dada pela presidente do TRE plantonista Socorro Guedes ficou para daqui a três dias, sendo que a mesma terá que desfazer o que ela fez sem o pleno consentimento dos outros desembargadores, sendo assim, as contas da prefeitura de Coari ficam bloqueadas até ser decidido no período de três dias a contar de hoje. Tanto oposição e situação estão com nervos á flor da pele.

NÃO FUNCIONOU O TRUQUE DO ATESTADO MÉDICO

Por Elcimar Freitas, do Blog, em Brasília -

Ao tomar conhecimento de que o senador Magno Malta, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga crimes de pedofilia, indeferiu seu pedido para não ir a Brasília depor, o ex-secretário de governo de Coari, Adriano Teixeira Salan, através do advogado Roosevelt Jobim Filho, entrou com pedido de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira. Ele quer os mesmos benefícios dados ao ex-prefeito Adail Pinheiro e ao empresário Otávio Raman Neves, proprietário do Grupo Em Tempo, que conseguiram salvo conduto para ficarem calados e não serem citados diálogos de escutas telefônicas obtidos pela Operação Vorax, da Polícia Federal, durante o depoimento.

Salan, que havia encaminhado ofício à CPI informando que por motivo de saúde não poderia comparecer para depor, resolveu usar de mais um artifício. Quer um salvo conduto do STF para limitar os poderes de investigação CPI, fato que inibiria o senador Magno Malta fazer perguntas relacionadas a escutas da PF.

O pedido de Salan está sendo analisado pelo Ministro Marco Aurélio.

COMEÇOU A CAMPANHA PARA GOVERNO

O ex-prefeito Serafim Correa começou uma maratona de visitas aos municípios do interior do Amazonas. Este final de semana foi a Apui, na companhia do senador Arthur Neto. Voltou animado com a recepção. O quadro eleitoral, redesenhado com a decisão do prefeito Amazonino Mendes, em não disputar a sucessão do governador Eduardo Braga, abre espaço para uma candidatura de oposição com muitas chances de conquistar o governo estadal.Até aqui Serafim é o nome e, pelo andar da carruagem, terá o apoio do PSDB.

liminar mantem Rodrigo no Comando

Rodrigo Alves continua prefeito de Coari, apesar da cassação de seu mandato, até a apreciação dos embargos pelo Tribunal Eleitoral. Decisão é da desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Guedes, peresidente em exercicio do TRE.A ação cautelar foi proposta pelo vice-prefeito Leondino Menezes, também cassado, e visou suspender a execução do acórdão 193-2009, publicado no Diário Oficial do Estado,edição de sexta-feira, que determinou o afastamento imediato de Rodrigo Alves da Prefeitura de Coari e a sua substituição pelo presidente da Câmara de Vereadores. A desembargadora Socorro Guedes concedeu a liminar, com o conseqüente restabelecimento do status quo anterior ao pedido. Em outras palavras, Rodrigo Alves permanecerá prefeito até o julgamento dos embargos contestando a sua cassação.A cassação, que havia sido comemorada em Coari, tinha sido um duro golpe para o grupo de Adail Pinheiro, o ex-prefeito, acusado de corrupção e envolvimento com pedofilia. Neste domingo as coisas se inverteram: a liminar que restabelece o status quo anterior foi comemorada pelo grupo do ex-prefeito e lamentada pela população do município.

domingo, 12 de julho de 2009

SALVO POR UMA LIMINAR

Há alguns minutos assessores e militantes do Prefeito Rodrigo Alves comemoravam a vitória de uma liminar concedida para que o mesmo continue no cargo de Prefeito de Coari, sendo que começou novamente aquela velha briga de justiça, levanta hoje, cai amanhã, é sempre assim que funciona a justiça de nosso país, mas o certo é que até o presente momento por meio dessa liminar Rodrigo Alves se mantém como prefeito até segunda as notificações do ministério público do Estado que antes havia cassado o mandato do Prefeito Rodrigo e de mais três vereadores.

NOVO PREFEITO EM COARI

Ás 12:3o min Iranilson Medeiros falou pela primeira vez como presidente da Cãmara de Coari para muintos que o assistia no plenario Dr. Odair Carlos Geraldo, falou de como esta sendo feito o tramite para ele ser impossado como presidente da Camara de vereadores e convocar os suplentes de vereadores para assumirem os seus devidos cargos na casa legislativa, emocionado, Iranilson Medeiros falou que ainda hoje tomará medidas como prefeito de Coari, sendo que ele como presidente da Camara automáticamente ele assunme como prefeito municipal, ressaltou também que será candidato as eleições dos proximos dias que acontecerá em Coari por motivo de ter sido cassado o ex-prefeito Rodrigo Alves. Iranilsom Medeiros que já foi vereadopr do município por 2 mandatos e assumiu a prefeitura no periodo em que o Prefeito da cidade era Jamil Moraes esta novamente com a chance nas mãos de ser prefeito definitivo de Coari até o fim de 2012.
Estaremos acompanhdo as noticias direto da camara de Coari para informar os nosos amogos leitores......

sábado, 11 de julho de 2009

RODRIGO AINDA AFIRMA QUE É PREFEITO

O prefeito de Coari, Rodrigo Alves, marcou entrevista coletiva na manhã deste sábado, mas não apareceu. O secretário de governo do município, Roquelane Martins, foi quem recebeu a imprensa e disse que o prefeito, por conta do bloqueio da movimentação financeira do município pelo Tribunal Regional Eleitoral, teve de voltar a Coari. Rodrigo, segundo o secretário, continua prefeito apesar da decisão judicial que o cassou na terça-feira. O acórdão foi protocolado na manhã de sexta-feira no Diário Oficial, que circulou no final tarde. O entendimento do prefeito é o de que ele só será considerado afastado depois de notificado, o que ainda não ocorreu. "Estranho o acírdão ter sido protocolado ontem pela manhã no Diário Oficial e ontem mesmo ter sido publicado", disse Roquelane, afirmando ter a certeza de que interesses políticos estão por trás do fato.Ao contrário do que diz o acórdão, o secretário garante que os embargos de declarações que a defesa de Rodrigo impetrará na próxima semana no TRE o manterão no cargo. "Eles terão de esperar os embargos serem julgados", disse Roquelane, afirmando que enquanto a decisão estiver subjudice, Rodrigo permanecerá na prefeitura de Coari. Mas no entendimento de juristas consultados pelo Blog a decisão do TRE é bem clara: afastamento imediato e posse do presidente da Câmara.O prefeito só conseguirá permanecer no cargo se conseguir um mandado de segurança ou uma liminar. Ontem, Rodrigo , teve mais uma derrota no Tribunal Regional Eleitoral: a desembargadora Maria das Graças Pessoa Figueiredo bloqueou a movimentação financeira da prefeitura e da Câmara Municipal de Coari.

Iranilsom Medeiros PODE CHEGAR A QUALQUER HORA PARA ASSUMIR A PREFEITURA

O clima em Coari é de muita euforia por pessoas que segundo a justiça terão a segunda chence de mudar de gestor do municipio de Coari caso haja nova eleição em nossa cidade. Os jornais de grande circulação de nosso Estado estão declarando Iranilson Medeiros como novo prefeito temporário de Coari e que a justiça bloqueou os cofres da prefeitura até que o prefeito Iranilison Medeiros tome as devidas providencias no comando da cidade, mas porque bloquear os cofres ? ...!!!!

sexta-feira, 10 de julho de 2009

COMO DIRIA UM APRESENTADOR DE COARI...QUEM TEM TV TÁ LIGADO!!




O Programa
José Luiz Datena dá prioridade aos temas locais e está muito perto do cidadão e seus problemas, com assuntos como segurança, saúde, trabalho e comportamento. Com uma linguagem coloquial e opinativa, o Brasil Urgente dispensa os formatos tradicionais, assumindo a flexibilidade e o dinamismo, disposto a "mexer muito na linguagem do telejornalismo, deixando de lado a camisa de força que se vê por aí", como ressalta Fernando Mitre , diretor nacional de jornalismo da Rede Bandeirantes . O programa produzido na Central de Jornalismo da Band, conta com a participação diária de praças importantes como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Porto Alegre e Brasília.As notícias internacionais são abordadas com um enfoque comparativo ao que acontece nas capitais brasileiras. A prestação de serviço tem atenção especial, com os repórteres sempre ao vivo, com um helicóptero, e duas motolinks, informando as condições do trânsito e relatando os flagrantes da cidade de São Paulo. A interação com o público é outra característica forte do programa, que usa todos os recursos para ouvir a população: enquetes na rua, telefone, e-mail ou o tradicional correio.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

PROFISSÃO DE MOTO-TAX AGORA É VÁLIDA

Aprovadas as profissões de 'motoboy' e mototaxista
O Plenário do Senado aprovou, na noite desta quarta-feira (8), projeto substitutivo ao PLS 203/2001, apresentado há oito anos pelo então senador Mauro Miranda (PMDB-GO), que regulamenta as atividades de mototaxista, motoboy e do profissional em serviço de comunidade de rua (moto-vigia). O funcionamento desses serviços, entretanto, dependerá de autorização do poder público em cada município. A matéria vai à sanção do Presidente da República.
Para exercer a profissão, o motoboy, mototaxista ou motovigia terá de ter 21 anos completos; dois anos como condutor ou condutora de motocicleta; e habilitação em curso especializado, a ser regulamentado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Do motovigia, especificamente, serão exigidos documentos usuais como carteira de identidade, atestado de residência e certidões negativas de varas criminais.
Do ponto de vista da segurança, os profissionais deverão trabalhar vestindo colete dotado de refletores. No caso dos veículos destinados ao moto-frete (conduzidos pelos motoboys), a lei exigirá a instalação de equipamentos de segurança como os mata-cachorros e as antenas corta-pipas, que deverão ser inspecionados semestralmente, além de identificação especial. Caberá ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) fiscalizar as normas de segurança.
Capítulo adicionado ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB) trata da condução de "motofrete" para exigir autorização emitida por órgão de trânsito a fim de que as motocicletas e motonetas destinadas ao transporte de mercadorias possam circular.
Constituirá infração, por exemplo, empregar ou manter contrato de prestação continuada de serviço com condutor de motofrete inabilitado legalmente e fornecer ou admitir o uso de motocicleta ou motoneta para o transporte remunerado de mercadorias que esteja em desconformidade com as exigências legais.
Será proibido o transporte de combustíveis, produtos inflamáveis ou tóxicos e de galões nos veículos de carga, com exceção do gás de cozinha e de galões de água mineral, desde que com o auxílio de side-car.
A explicação para a ausência de normas específicas de segurança relativas ao serviço de mototáxi é que o projeto original não versava sobre esse aspecto. E a Câmara dos Deputados, ao examiná-lo, preferiu excluir a parte que tratava do transporte de passageiros, fixando-se no transporte de mercadorias e documentos.
Quando o projeto voltou ao Senado, o relator da matéria na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), senador Expedito Júnior (PR-RO), decidiu restabelecer o texto de Mauro Miranda e aproveitar parte do que foi acrescentado pelos deputados, na forma de emenda aditiva. Esse procedimento evitou que, em razão de novos artigos, a matéria tivesse de voltar à Câmara, frustrando a expectativa do movimento em favor da regularização.
Espera-se que, agora, o próprio Contran e os poderes estaduais e municipais cuidem de regulamentar os aspectos relacionados à segurança de condutores profissionais e passageiros de mototáxis.
A aprovação foi bastante comemorada pelos mototaxistas e motobóis que lotaram a galeria do Plenário do Senado. Ao fim da votação, eles celebraram cantando o Hino Nacional.
- Não podemos fazer de conta de que esse serviço não existe. Os profissionais da moto somam 2,8 milhões em todo o país - argumentou a relatora da matéria na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN)
Já o relator do projeto na CCJ ressaltou a tramitação veloz da matéria nesta última fase e a recuperação dos termos do projeto de Mauro Miranda.
- Demonstramos compromisso em votar essa matéria importante e em quatro meses o fizemos, depois de muita articulação e com a participação de vários parlamentares - lembrou Expedito Júnior.
Motovigias
O PLS 203 criou normas dirigidas aos vigias que trabalham com motos, chamados tecnicamente de profissionais em serviço de comunidade de rua. Os motovigias terão como obrigações observar o movimento de chegada e saída dos moradores em sua residência; acompanhar o fechamento dos portões do imóvel; comunicar aos moradores, ou à polícia, sobre qualquer anormalidade nos veículos estacionados na rua; e informar aos moradores, ou à polícia, sobre a presença de pessoas estranhas e com atitudes suspeitas na rua.
Nelson Oliveira / Agência Senado